segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Processo roleta / contato com estelionatária

Então, após essa humilhação,no dia seguinte eu mandei e-mail para a casa de show explicando o que tinha acontecido e eles não me responderam nada.
Decidi emagrecer de qualquer jeito!
Comecei a pesquisar sobre dieta, procurando em sites e em comunidades do orkut e tal. E também sobre pessoas que também tinham ficado entaladas em roletas.
Nessas procuras encontrei comunidades sobre a bariátrica e em uma delas tinha uma pessoa que dizia ser advogada e que esclarecia várias dúvidas sobre esse procedimento cirúrgico.
Ela parecia ser uma boa pessoa, pois ajudava muita gente, pelo menos era o que parecia.
Entrei em contato com ela e falei sobre o que tinha acontecido. Ela se interessou pelo caso e marcamos de nos encontrar. Ela disse que precisaria de 150,00 para dar entrada nos documentos do processo, eu levei o dinheiro, nós marcamos em um shopping aqui perto de casa. Fui com meu pai, ela não sabia, chegando lá, cadê ela? Esperamos muito tempo e nada dela aparecer.
Será que foi porque meu pai foi? Enfim, depois ela deu uma explicação e deixei para lá.
Marcamos de novo aqui em casa, ela veio com a, até então, esposa dela.
Tomou café, conversamos e paguei os R$ 150,00 para ela.
Ela parecia ser confiável, ela se mostrou sensibilizada pela minha história, ela disse que também já operou o estômago... enfim.
Passou um tempo e ela me deu o nº do processo, consultei no site e estava lá certinho, meu nome e o nome da empresa (a casa de show).
O primeiro contato com ela tinha sido no final de agosto. A audiência (ou conciliação) foi marcada para dezembro de 2009.
No dia da audiência, eu fui com minha mãe. A tal "advogada" deu entrada no Juizado Especial de Olaria. Falei com ela no dia e ela disse que não poderia ir e ia mandar um colega. Mas nada desse colega aparecer.Tentei ligar para ela o dia inteiro e não consegui. Resultado: fui para a conciliação sem advogada, apenas eu e minha mãe. E eu que estava tranquila porque alguém ia me defender, de repente me vi desamparada. Fiquei arrasada.
Deu início a conciliação e a representante da casa de show foi logo dizendo: "não vamos mudar as roletas". Detalhe, pessoal: as roletas de todas as casas de show dessa empresa são assim, tem relatos de meninas que entalaram nas catracas de casas de show dessa rede que eu nunca fui! Quando pertenciam a outros donos, os estabelecimentos não possuíam esses tipos de catraca, quando mudaram para o dono dessa rede, passaram a ser assim.

Enfim... de repente veio a bomba, e eu perdi o chão:
O conciliador apresentou o processo para a outra parte e disse para mim:
"Não preciso ler para você porque você já leu". Eu disse: "Não li".
O conciliador respondeu: "Você leu sim, você que deu entrada, você que escreveu".
Eu fiquei surpresa e imediatamente falei: "Não fui eu que dei entrada, foi minha advogada".
Ele: "Que advogada? Você não tem advogada, você leu sim,aqui sua assinatura".

Pessoal, não era a minha assinatura. Aquela criatura do mal falsificou a minha assinatura para dar entrada no processo.
Enfim, o conciliador disse que eu poderia ser prejudicada se eu desse sequência ao processo,pois eu poderia responder por falsificação.Mas como assim? Enfim, eu estava tão nervosa, não conseguia para de chorar, nem raciocinar. Ele me aconselhou a desistir do processo.
Eu não vi outra saída e desisti.
 Chorei muito,mil sentimentos vieram à tona. Me senti fraca, de mãos atadas,injustiçada! Eu queria de certa forma parar isso que estava acontecendo! Quantas pessoas mais vão passar essa humilhação de ficar entalada? Por quê? Se pode ser feito de outra forma? E eu me propus a fazer algo para mudar, eu que carregava comigo todas as dores dos que já sentiram na pele essa humilhação, agora eu estava desapontando a todos eles. As roletas iam continuar lá (como continuam até hoje) e nada ia mudar.
Liguei para ela e ela teve a cara de pau de dizer que não falsificou, que simulou minha assinatura para agilizar.
Eu não sabia de nada. Ela é muito vigarista!
O pior, ela engana muita gente por ai!
Divulga seu trabalho em anúncios em sites, em comunidade de bariátrica no orkut, diz ser advogada, e não é nada! Ela divulga por ai principalmente que consegue liminar de urgência para bariátrica.
Como funciona:
A pessoa tem pouco tempo de plano de saúde e quer operar, só que a norma da ANS diz que esse procedimento só é liberado em 24 meses (dois anos), no caso de doença pré-existente, pois quando a pessoa contrata o plano de saúde, ela já é obesa.
Então ela pede a liminar de urgência para operar logo, alegando que precisa operar logo, ou pode até morrer. Então o juiz concede a liminar, mas entendam gente, isso é medida cautelar, é para prevenir um estrago maior, porém ainda não foi feito julgamento, após a pessoa ser operada, ai sim o juiz vai julgar o pedido, se o juiz entender que a pessoa usou de má fé, ela terá que responder,poderá ter que pagar a cirurgia ao plano de saúde.
Há médicos que NÃO operam quem ajuiza ação em prol de liminar da cirurgia. E o motivo é compreensível: no caso de liminar, o plano só repassa o honorário ao médico após a ação transitar em julgado. Ou seja, quando o juiz determinar que realmente a cirurgia era direito do paciente e era urgente, e o plano teria realmente que pagar, mas isso, como é sabido, pode demorar...


Entendem a seriedade disso?
Eu não tentei liminar, estou aguardando minha carência acabar, ou seja, estou esperando os dois anos.
Enfim...
 De algumas meninas ela pega o dinheiro (800,00) e não dá entrada em nada.
Com outras, ela dá entrada nas mesmas circunstâncias do meu processo: falsificando a assinatura e não aparecendo na audiência.
O engraçado é que ela sempre dá entrada no Juizado Especial de Olaria, ninguém percebe que cada dia ela vai lá com um nome diferente?
Outra coisa, no orkut dela constam depoimentos de pessoas elogiando seu trabalho. Ou é tudo fake (perfil falso) ou são tudo da corja dela. Eu não acredito que ela faça realmente bem para alguém.
Mesmo se ela fizesse certo para uns e prejudicasse outros, como você vai saber se ela vai prejudicar você?

O ideal é contratar um advogado de confiança.
Porque advogado de verdade não divulga o trabalho em orkut e o valor a ser cobrado não é assim não, é estipulado por tabela.
Espero ajudar alguém com esse post, evitar que mais pessoas caiam nesse golpe.

Para vocês terem noção da falta de caráter dela: uma menina que alertou as outras pessoas sobre o que ela fazia, na comunidade do orkut, ela processou por calúnia, acreditam?? Mas ela nem teve cara de comparecer à audiência.
Se alguém prejudicar vocês, processem, liguem para o disque denúncia, vão à polícia, denunciem no Ministério Público (lá mesmo,pelo site), denunciem na OAB, façam alguma coisa!

Mesmo depois do que ela fez comigo, eu nunca desejei mal a ela. Não mesmo!
Eu fico triste por ela continuar fazendo essas coisas por ai. Ainda mais porque ela também já foi obesa mórbida, se é que isso é verdadeiro, agora não sei mais de nada.
Nada consegue fazer com que ela pare, talvez ela só para mesmo,quando for presa.
É uma pena,ela podia usar o trabalho para fazer o bem,mas ...


continua em breve...



2 comentários:

Amanda Vasconcellos disse...

Na verdade, dar entrada de juizado especial não é preciso advogado e vc poderia requerer o advogado dativo.
Mas é vivendo e aprendendo né?

em breve serei mais feliz disse...

Pois é, flor.
Eu sabia.
São pequenas causas, acho que pagam até 20 salários mínimos, algo assim.

Mas eu queria uma advogada, enfim...rs

Pois é, serviu ocmo experiência, e hoje estou aqui falando sobre isso, como um alerta para outras pessoas não cairem nessa.

Obrigada!
Beijos
paz e luz